sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

PROJETO: COPA DO MUNDO, O MUNDO EM SUA ESCOLA




COPA 2014
Público-alvo: 1ª a 8ª série do Ensino Fundamental e Ensino Médio

Duração: 4 meses

Apresentação: Projeto que trabalha também o tema transversal Pluralidade Cultural e permite aos alunos a descoberta e o conhecimento de diferentes culturas, por meio de pesquisas e troca de informações entre escolas de diversas regiões do Brasil e do Mundo. 

Justificativa: Aproveitar esse acontecimento, para enriquecer e dar mais sentido às aulas, conhecer e saber um pouco mais sobre os outros países trabalhando também o tema transversal Pluralidade Cultural, Meio Ambiente, Saúde, Trabalho e Consumo, e permitir aos alunos descoberta e o conhecimento de diferentes culturas, por meio de troca de informações entre escolas de diversas regiões do Brasil e do mundo.

Objetivos: Este projeto visa um trabalho interdisciplinar, eventos desse tipo são excelentes temas motivadores para desenvolver os conhecimentos e as competências curriculares, o futebol assumiu um enorme espaço na nossa cultura, ele "desmonopolizou" os símbolos nacionais. Conhecer as várias etnias e culturas, valorizá-las e respeitá-las. Repudiar a discriminação baseada em diferenças de raça, religião, classe social, nacionalidade e sexo.


Planejamento
 
Público-alvo: 1ª a 8ª série do Ensino Fundamental e Ensino Médio

Etapa 1- Levantamento dos país onde será a sede: Brasil
  • Pergunte a seus alunos se eles sabem onde vai ser a Copa do Mundo. Permita que eles se expressem livremente.
  • Perguntar de quanto em quanto tempo é realizada a Copa.
  • Questionar quantas vezes esse torneio foi realizado no Brasil.
  • Dizer que Brasil é o único país que esteve em todas as Copas. Peça-lhes que olhem o globo para localizarem o país que será a sede.
  • Conhecer os Estados onde acontecerão os jogos.
  • Formar grupos e dividir entre eles as 12 cidades-sedes que acontecerão os jogos. (Fortaleza, Natal, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Cuiabá, Manaus. e solicitar que pesquisem sobre as mesmas.

  • Perguntar quem já conhece o Mascote da copa (Fuleco), a origem do seu nome e o nome que foi dado a bola (Brazuca) definida por eleição realizada por votação pela internet.
  • Pesquisar: bandeiras e números de países que irão participar da "Copa".
Etapa 2- Organizar os grupos para que apresentem as figuras ilustrativas em forma de mural.
  • Os grupos deverão pesquisar costumes, cultura, comidas típicas, clima e localização geográfica das cidades.
  • Análise dos mascotes das Copas, que retratam o país-sede.

Etapa 3- Levantamento de trabalho e consumo
  • Pesquisar sobre a venda de televisores no Brasil. (Em jornais, revistas e no site abaixo)
  • Custo dos Estádios que foram construídos para o evento.
  • A Copa na Era digital.
  • O negócio do Futebol.

Sugestão onde encontrar:

Etapa 4- Levantamento dos times que estarão na final
  • Pesquisar figuras e reportagens sobre os times que estiverem na final.
  • Bandeiras e sua localização geográfica.
Etapa 5- Encerrando e avaliando o projeto "Copa 2014"
  • Converse com sua turma sobre o projeto.
  • Por que foi importante?
  • O que eles mais gostaram de pesquisar?
  • Em dupla, peça para eles registrarem essa experiência em forma de redação, e diga para que não se esqueçam do Título.
Atividades que poderão ser desenvolvidas de acordo com as áreas do conhecimento.

Artes
Explosão de criatividade
Fantasias, bandeirinhas, faixas, cartazes...O Brasil vive um momento de grande criatividade popular. Cabe ao professor estimular a turma a produzir e interpretar as manifestações visuais encontradas nos estádios.
Sugestões de atividades:
  • Análise do mascote da Copa, que retrata o país-sede. Criação de um para sala de aula.
  • Estudo dos brasões e símbolos das seleções, com origem, influências estéticas, cores e formas utilizadas.
  • Pesquisa de obras artísticas sobre o futebol (Cândido Portinari, um dos nossos maiores pintores, retratou um grupo de meninos disputando pelada em sua cidade natal "Futebol em Brodósqui").
  • Interpretação de letras de músicas e gritos de guerra cantados pelas torcidas.
  • Observação da arquitetura dos estádios, relacionando o estilo com o lugar que foram construídos.
Ciências Naturais
Experiências de Campo
Já é tradição a Copa revelar novidades tecnológicas: Estádios ultramodernos, uniformes com fibra especial, dieta para aumentar o rendimento dos atletas, avanços em telecomunicações. Ótimas dicas para as aulas de Ciências.
Sugestões de atividades:
  • Demonstração de como as informações de imagem e som viajam de um ponto a outro do planeta. ( Leve uma corda para a classe e provoque uma ondulação de uma ponta à outra do fio. Mostre que não há nada sendo transportado por ela, só energia. O mesmo vale para o rádio e a televisão. Ondas invisíveis de som e imagem utilizam o espaço para se propagar, viajando em altíssima velocidade).
  • Pesquisa sobre os efeitos do doping e comparação com aditivos e suprimentos alimentares usados em academias.
  • Estudo do funcionamento do corpo dos atletas durante as partidas. O que é adrenalina? Quando ela é liberada? Quais os seus efeitos? Quais os nutrientes necessários para um bom preparo físico?
Educação Física
Batendo um bolão
A Educação Física faz ligação direta com o torneio. O professor pode enriquecer a vivência do aluno explicando regras, técnicas e jogadas para ele apreciar melhor as partidas pela TV e aprimorar as disputas na escola.
Sugestões de atividades:
  • Discussão sobre o regulamento atual do esporte, para propor novas regras para um torneio interclasses.
  • Organização de partidas que misturem meninos e meninas. Vale futebol, vôlei, handebol, basquete...
  • Visita a um clube para conhecer a rotina dos jogadores.
  • Análise atenta dos jogos da Copa, identificando jogadas, táticas e movimentações.
  • Discussão sobre as causas da violência nos estádios- e sugestões de como solucionar esse grave problema social.
  Geografia
O mundo num estádio
Muito antes de se começar a falar em globalização, o esporte ignorava fronteiras. Os conhecimentos geográficos facilitam a interpretação dessas diferentes realidades que, a partir de junho, entrarão em campo.
Sugestões de atividades:
  • Pesquisa sobre aspectos físicos, sociais, econômicos dos país-sede da Copa,
  • Levantamento dos espaços - públicos e privados - usados para a prática do futebol na vizinhança da escola.
  • Confecção de um mapa com todos os países participantes da Copa, com destaque para o fuso horário de cada um. (o conceito de fuso horário).
  • A Copa também da sentido ao mapa-múndi e a muitos nomes, fatos e conhecimentos geográficos e históricos. (quem já tinha ouvido falar na República dos Camarões antes de os "leões africanos" aparecem no cenário futebolístico, no Mundial de 1990); coloca no mesmo campo inimigos políticos (em 1998, os jogadores de Irã e Estados Unidos trocaram flores no gramado).
  • Aproveitar a ocasião para explicar a dinâmica do sistema capitalista ( a quantidade de marcas de patrocínio estampadas nos estádios e nas roupas dos jogadores nos ajuda a ver que não é só o futebol que está em jogo, mas o comércio de produtos, os atletas estão inseridos num sistema econômico que vê tudo como mercadorias).
História
Lances do passado
No Brasil, o futebol é mais que um esporte. É uma manifestação cultural - com uma história. Investigar suas raízes e transformações é uma forma de ampliar o olhar sobre ele e imprimir-lhe outros significados.
Sugestões de atividades:
  • Pesquisa sobre o processo que transformou esse esporte em "paixão nacional"
  • Identificação das características tipicamente brasileiras que estão sintetizadas no comportamento dos jogadores da nossa seleção
  • Interpretação de charges que falem sobre a relação entre política e futebol
  • Discussão sobre o patriotismo que surge na época da Copa, questionando pó que ele não se mantém vivo em outros momentos
Língua Estrangeira
Estádio de Babel
Campeonatos mundiais colocam em contato gente das mais diversas nacionalidades. O conhecimento de outros idiomas possibilita comunicação com essas pessoas e acesso aos universos culturais dos quais eles fazem parte.
Sugestões de atividades:
  • Troca de e-mails com estudantes de outros países
  • Análise das expressões, imagens e gritos de guerra usados por torcedores das diferentes seleções
  • Busca em jornais e sites estrangeiros de notícias que falem sobre o desempenho do Brasil no maior torneio de futebol do planeta
  • Pesquisa sobre as origens do futebol na Inglaterra, pátria mãe da língua inglesa
  • Criação de um site bilíngüe falando sobre o futebol brasileiro
Língua Portuguesa
Papo mais coerente
Poucos assuntos provocam tantas discussões acaloradas como o futebol. O domínio da língua portuguesa ajuda a construir argumentos coerente e a expressar as idéias com mais clareza e confiança.
Sugestões de atividades:
  • Pesquisa de expressões futebolísticas que foram incorporadas ao vocabulário corrente: qual o significado original de cada uma dessas expressões e o uso que ela ganhou no idioma fora do contexto esportivo
  • Comparação da linguagem usada pelos locutores de rádio e televisão com o texto escrito nos jornais e nas revistas para descrever os jogos
  • Exercícios para desenvolver a argumentação, habilidade fundamental em qualquer conversa
Matemática
Jogo bem calculado
São muitos os números envolvidos numa competição: pontos, gols, faltas, impedimentos... A Matemática oferece as ferramentas necessárias para a turma interpretar esses dados, ler tabelas e fazer projeções.
Sugestões de atividades:
  • Construção de gráficos para avaliar a evolução dos times
  • Identificação de formas geométricas no campo
  • Utilização de conhecimentos de geometria para entender as regras e as jogadas ensaiadas - que podem ser reproduzidas numa maquete
  • Confecção de uma tabela com pontos ganhos, ranking de artilheiros, saldo de gols e outros dados significativos sobre o torneio
  • Análise das informações de tabela da Copa do Mundo para solucionar problemas e fazer projeções estatísticas
  • Criar problemas.
Projeto elaborado pela professora Rosana dos S. S. Corrêa. Adaptação: Ivanilda Costa Cabral

Nenhum comentário:

Postar um comentário